segunda-feira, 20 de maio de 2013

Chapter 48


"Mas difícil é saber que é verdadeiro, e não poder sentir"

Acordei antes mesmo de o despertador tocar, tomei um banho, coloquei um vestido com manguinhas, porque, não sei como, o clima tinha esquentado, e separei uma roupa para Maddie. Ainda tinha uma hora e meia até sair de casa, então desci e fiquei vendo TV, esperando que o despertador tocasse e Madison fosse atrás de mim. Tive tempo de assistir um noticiário antes que ela aparecesse na ponta da escada me chamando, de pijamas, cara amassada e cabelo bagunçado.

Maddie: Deeeeeems... (chamou manhosa e esfregando os olhinhos)

Demi: Oi, pequena. (levantei do sofá, fui até ela e a peguei no colo. Ela escondeu o rosto no meu pescoço)

Maddie: Aquele seu negócio tava fazendo barulho...

Demi: O despertador? (assentiu) A gente tem escola, tinha que acordar.

Maddie: Eu não quero acordar... (disse arrastando a voz e eu ri)

Demi: Mas tem que, ok? (ela resmungou) Tá um sol maravilhoso lá fora, vamos. (dei um beijo na sua nuca, provocando cócegas e fazendo ela rir baixo) O que você quer de café da manhã?

Maddie: Waffles. (levantou o tronco e sorriu)

Demi: Com que fruta?

Maddie: Aquelas bolinhas roxinhas... (disse fazendo gestos com a mão, um pouco mais desperta do que antes)

Demi: Mirtilos? (assentiu) Então você vai lá tomar banho que eu faço. (reclamou) Rapidinho, vai, suas roupas estão no pé da minha cama. (dei um beijo na sua testa e a coloquei de novo no chão.)

Mesmo achando ruim, Maddie subiu as escadas e foi tomar banho. Fiz os Waffles e estava arrumando a mesa quando a campainha tocou, abri e Selena logo me deu um beijo na bochecha e foi entrando.

Demi: Quanta folga, não?

Sel: To sentindo o cheiro lá de casa, Demi. E a única coisa que tem para comer lá é biscoito seco, e eu não to muito a fim. (disse seguindo até a cozinha e eu ri) Cadê a Maddie?

Demi: No banho. (disse sentando na cadeira da bancada) Todo mundo resolveu acordar cedo hoje ou o quê?

Sel: Hoje é dia de limpeza lá, daí já viu. (falou emburrada) Corri pra cá porque não tava a fim de ajudar.

Demi: Pobre Selena. (ri, ouvi passinhos na escada, me virei e vi Maddie descendo. Sel se levantou e esperou ela correr até ela para lhe dar um abraço e girar com ela no ar)

Sel: E aí, pestinha? (colocou-a de volta no chão)


Maddie: Oi, tia. (riu)

Nós tomamos o café, jogamos a louça na pia e fomos caminhando até a escola. Nunca vi Maddie numa preguiça tão grande, tive que carregar ela no colo de casa até a sala dela pra ela não ficar reclamando. Ela deixou a mochila dela na sala e foi pra perto de mim e Selena, que estávamos sentadas em um banco.

Sel: O Joe vem? (perguntou aproveitando que Maddie estava distraída com minhas pulseiras, assenti e logo vimos Nick e Joe passarem pelo portão.) Ah, oi. (ela sorriu)

Eles nos cumprimentaram, e Maddie logou pulou no colo de Joe. Nick sentou-se do lado de Selena que sorriu pra ele. 

Sel: Fez a lição de Matemática? ( enquanto escutava os dois conversarem sem prestar atenção, observei Joe e Maddie brincando. Ela já estava no chão e corria dele a poucos metros de onde eu estava)

Nick: Que lição? (escutei ele perguntar e Selena rir) Sério Sel. 

Sel: Vou lá com o Nick pra sala ok? Se importa de ficar com... (neguei rápido com a cabeça. Se era pra me acostumar que fosse logo não é? Sel me abraçou e eu sussurrei um "Está tudo bem" ela se afastou e sorriu, enquanto ria da expressão de nervosismo de Nicholas, quando entraram na escola dirigi o olhar pra minhas unhas, todas sem esmaltes e a maioria quebradas. Percebi que alguém sentou do meu lado e notei que era Maddie já que vi suas meias coloridas balançando por não conseguir tocar os pezinhos no chão)  

Maddie: Cadê a Tia Sel e o Nick? (perguntou assim que vire o rosto pra a olhar)

Demi: Nick se esqueceu de fazer umas coisas de Matemática e Sel foi ajudar ele. (Ela assentiu e virou o rosto pra frente) E Joe?

Maddie: O celular dele tocou e ele foi atender. (Assim que ela terminou de falar o sinal tocou)

Demi: Vamos? (Madison concordou enquanto pulava no chão e me dava a mãozinha)

Maddie: Mas o JJ?

Demi: Ele vai saber que a gente já foi pra sala. (ela assentiu de novo)

Caminhei com Maddie até a escolinha e assim que chegamos à frente de sua sala, me abaixei para lhe dar um beijinho na bochecha. Ela me abraçou e segurou meu rosto com as mãozinhas.

Maddie: Não briga com o Joe ok? Eu falei com ele também...

Demi: Ok pequena. A gente não vai brigar. (ela assentiu, e me aproximei encostando meu nariz no dela dando um beijo de esquimó. Ela riu e assim que me afastei dei um beijo rápido na ponta do mesmo.) Rapidinho dá a hora do intervalo e eu venho te pegar tá bom? (Maddie assentiu e eu me levantei observando ela entrar. Tia Lucy acenou próxima a mesa dela e eu sorri acenando também)

Caminhei até minha sala sem a mínima vontade de assistir alguma aula. Quando entrei já estavam praticamente todos lá, menos o professor claro. Olhei pro meu lugar de costume do lado de Selena, mas esse já estava ocupado por Nick que encarava as folhas na mesa com uma cara confusa. Vaguei o olhar até a cadeira do lado de Joseph e percebi que era ali mesmo que eu teria que sentar. Tentei esconder que meu ânimo só piorou depois daquele momento e fui até a cadeira, jogando a bolsa do meu lado no chão. Joe encarava a janela do seu lado e pareceu não perceber que eu tinha me sentado. Puxei o caderno da bolsa e o estojo os jogando na mesa e encarei o quadro. Queria perguntar quem tinha o ligado, mas eu não tinha mais o direito de me meter nisso. Ok, que ficamos como amigos, mas as coisas ainda estavam meio complicadas e ao que tudo indicava tínhamos voltado à estaca zero de relacionamento. Então: Eu era a amiga, mas não a amiga que podia se meter na vida dele. Juntei as mãos em cima do caderno e entrelacei os dedos. Mordi os lábios tentando agir naturalmente. 

Joe: Oi... (me virei pra ele sorrindo forçado) Não te vi entrar...

Demi: Percebi... (ri fraco e ele fez o mesmo) Distraído?

Joe: É... Um pouco. (Encarei minhas mãos sobre a mesa e quando ia tentar começar uma conversa escutei o professor entrando na sala. Suspirei fraco e abri o caderno tentando dar atenção ao o que ele falava.) O que foi? (senti Joe me cutucar de leve com o cotovelo).

Demi: Nada... (sorri pra ele. Era claro que ele sabia por que eu estava assim.)

Joe: Minha mãe ligou... (comentou dando de ombros) A mesma perturbação sabe? Eu vim pra cá pra ver se ela saia do meu pé, mas parece que piorou. (assenti. Eu realmente não sabia como que o tempo tinha feito Denise e Dianna mudarem tanto).

Demi: Eu sinto muito... (eu realmente sentia. Ele sorriu torto.)

Joe: E sua mãe?

Demi: O que? (eu não entendi em parte a pergunta)

Joe: Não tenho visto ela. (deu de ombros)

Demi: Trabalhando. Volta na semana que vem. (Senti uma pontada no peito percebendo que já era sexta e que logo ela estaria em casa novamente, como o silêncio voltou eu preferi ficar quieta)

Joe: Demi? (me chamou) Me promete uma coisa?

Demi: Prometo. (Isso, responde sem pensar)

Joe: Promete que não vai deixar a Maddie sozinha com a Dianna? E que nem você vai ficar sozinha com ela? (me encarou nos olhos, e senti os pelos da minha nunca se eriçarem)

Demi: Sabe que eu não posso ficar fugindo sempre dela não é? (ele concordou) Mesmo sendo do jeito que é, ela é minha mãe. Claro que não confio mais nela com a Maddie, mas eu...

Joe: Você...? (perguntou)

Demi: Eu não posso... (respirei fundo) É difícil Joe... (passei a mão no cabelo o jogando pra trás) Eu acho que nunca vou conseguir te explicar certas coisas...

Joe: E eu confio em você pra me contar assim que estiver pronta (assenti, enquanto ele colocava uma mecha do meu cabelo pra trás. Me virei pra frente observando as anotações no quadro e resolvi me concentrar naquilo, sempre que eu começava a rondar em volta da verdade, eu tinha medo de me perder nos assuntos e contar a ele o que tinha acontecido. E eu sabia que Joe me conhecia até melhor do que eu. Não podia arriscar.)

~//~//~//~
Maddie: Sabe de uma coisa? (Maddie falou chamando nossa atenção enquanto Selena falava coisas sem sentido. Essa era uma coisa que eu amava nela: Sempre que o assunto começava a ficar meio estranho, ela mudava de rumo, fazendo com que isso agradasse a todo mundo)

Demi: O que Madison? (Perguntei pegando uma batata frita da minha bandeja. Tínhamos ido ao McDonald depois da aula, já que tinha um bom tempo que Maddie pedia pra ver Tiff e a gente nunca conseguia.)

Maddie: A gente pode vir aqui mais vezes... (disse tentando abrir o brinde que vinha na caixinha do lanche acabou desistindo e entregou a Joe) De uma vez eu ganhei um monte de brindes ó... (ela apontou pra todos os brinquedos que tinha ganhado. Madison tinha obrigado a todos comprarmos o lanche infantil pra ela pegar os brinquedinhos).

Sel: Muito interesseira você. (uma deu língua pra outra)

Maddie: Demi abre minha coquinha? (piscou os olhos rápido com uma cara fofa. Ri disso colocando o canudo em seu copo e a entregando) Obrigada. (Nick que mexia no celular e começou assobiar uma canção que eu não conhecia, Selena emplacou numa conversa com Joe que eu não sabia do que era. Fiquei vendo Maddie jogar uma batata na boca e brincar com as bonequinhas sobre a mesa e um sorriso involuntário surgiu no meu rosto. Ela pareceu notar que eu a olhava e me encarou também sorrindo. Fechou os olhinhos me mandando um beijinho e eu fiz o mesmo pra ela que riu mordendo outra batata. Era por momentos assim que eu tinha vontade de lutar, e continuar perto da minha filha. Perto da minha pequena que não tinha ideia de o que o mundo tinha preparado pra ela. Escutei a gargalhada de Maddie e reparei que Selena tinha passado ketchup na boca, e dizia que iria dar um beijo nela.) Demi não deixa! (ela gargalhou tentando se esconder atrás de Joe que só ria daquilo).

Selena: Se ela não deixar, eu também vou beijar ela. (Sel disse)

Demi: Então me desculpa Maddie, não quero chegar toda melada em casa. (Ela me deu língua rindo)

Maddie: Suas bobas. (Riu se sentando direito enquanto Selena limpava a boca com um guardanapo)

Demi: Acho que já tá na hora da gente ir. (Maddie fez bico) A gente ficou a tarde toda Madison, eu tenho que fazer lição ainda. (Ela continuou com o bico, mas assentiu) Até amanhã gente... (Disse me levantando, ajudando Maddie a por a mochilinha dela, e logo depois pegando as minhas enquanto ela pegava os brinquedos.)

Joe: Eu levo vocês, a cadeirinha do Frankie ta no meu carro... (concordei. Não estava mesmo a fim de ir sozinha. Me despedi de Nick e Selena que disseram que iriam mais tarde. E eu até entendia eles, com tanta coisa acontecendo não estavam encontrando tempo nem pra ficarem sozinhos. Assim que chegamos ao carro, Joe me ajudou a prender Maddie na cadeira e fomos nos sentar no banco da frente. Ela foi tagarelando o caminho todo, acho que pela bendita Coca-Cola.) 

Divulgação

Oi! Como estão? Ok, eu sei que estamos demorando muuuuuuuuuito pra postar, mas é porque ta muito corrido as coisas pra mim e pra Duda. Bom, obrigada a Nanda Carol pelo selinho, só não vou postar hoje pra esperar a Duda chegar de viagem (T.T) Aí a gente arruma direitinho ok?
Acho que é só isso. Espero que gostem, e desculpem (sei que ta enchendo isso) pela demora. Amo vocês. 
Polly.